Reconhecendo a importância e o potencial das parcerias entre empresas e organizações sociais, o GRACE- Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial apresentou o novo formato para a sua maior iniciativa de voluntariado corporativo, o GIRO 2.0, num evento que decorreu no passado dia 12 de Julho, na Entrajuda.

 

 

Considerando a sua vasta experiência em matéria de Responsabilidade Social Corporativa, o GRACE entendeu ser necessário repensar o formato do GIRO, transformando-o num Programa anual com foco na Sustentabilidade, que permitisse uma maior aproximação das empresas às entidades de economia social e suas necessidades, facilitando o envolvimento dos colaboradores numa aposta no voluntariado a longo prazo.

 

 

O evento iniciou-se com a atuação do Grupo de Experimentação Musical do Espaço T, seguindo-se depois a intervenção de Isabel Jonet, Presidente da Entrajuda, que deu as Boas Vindas a todos os presentes e apresentou o trabalho desenvolvido no Banco de Bens Doados.

 

 

Margarida Couto, Presidente do GRACE, em representação da Vieira de Almeida & Associados ficou encarregue da Sessão de Abertura, onde referiu que o GIRO pretende ser um Programa de Voluntariado Corporativo de continuidade, alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas, permitindo gerar mais oportunidades de voluntariado para as empresas, que passem pelo real envolvimento dos colaboradores, e que permitam uma avaliação do impacto. 

 

 

O evento de apresentação do novo Programa do GIRO contou também com a presença de Chris Jarvis como Keynote Speaker, co-fundador do Impact 2030, um movimento internacional de empresas comprometidas com a Agenda 2030 das Nações Unidas, que tem por objetivo mobilizar o mundo corporativo para a implementação dos ODS através do Voluntariado Corporativo. Numa intervenção inspiradora, Chris Jarvis focou o impacto individual do voluntariado em cada um de nós, referindo que “o sucesso é a medida em que somos transformados”

 

 

De seguida, Paula Miranda, membro da Direção do GRACE em representação da Omnova, apresentou o novo formato do GIRO, onde explicou os objetivos deste Programa e a Plataforma onde estão já algumas organizações que dele fazem parte. 

 

 

Após a apresentação da Avaliação do novo formato do GIRO, que esteve a cargo de Nathalie Ballan, membro da Direção do GRACE em representação da Sair da Casca, Rita Monteiro, da EDP, moderou uma conversa sobre Experiências e Práticas de Voluntariado Corporativo com Helena Novais, da Pfizer, Orquídea Dias, da Super Bock Group, Filipa Bolotinha, da Renovar a Mouraria e Joana Santiago, da SEMEAR.

 

A conversa teve como foco as experiências prévias dos pilotos do GIRO 2.0, sendo que as oradoras foram unânimes ao reconhecer que este formato permite uma relação mais estreita e direta entre empresas e organizações sociais, assim como fomenta a criação de mais parcerias.

 

No final da conversa ficou a conclusão de que os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) devem envolver toda a sociedade e que cada um de nós, enquanto cidadãos, devemos ser parte ativa desta missão coletiva.