Mais de 7000 crianças dos 4 aos 12 anos, de escolas primárias e básicas de todo o país, receberam 150 colaboradores do grupo EDP, que se voluntariaram para darem aulas sobre energia.

 

Usando um “Kit Energia”, específico para cada faixa etária, com explicações simples e pedagógicas e com recurso a objetos do dia-a-dia, as crianças de cerca de 300 turmas puderam compreender quais as principais fontes de produção de energia e como podem utilizá-las, de forma segura, nas tarefas diárias. Também foi abordado o tema das alterações climáticas e foram demonstradas pequenas mudanças que podem fazer diariamente, com as suas famílias ou em ambiente escolar, para contribuir para a sustentabilidade do planeta.

 

A iniciativa faz parte da Semana da Energia, a mais recente campanha de voluntariado do Associado, criada com o objetivo de desafiar os colaboradores a partilharem as suas competências com as comunidades locais.

 

 

Ainda no âmbito da Semana da Energia, e em parceria com a Associação Just a Change, 45 voluntários reabilitaram uma casa degradada na Mouraria, em Lisboa. Neste caso, foi escolhida a casa da Dona Amélia, uma idosa de 84 anos que vive sozinha num prédio típico de Lisboa, por ter sido identificada a necessidade urgente de obras. Para além de trabalhos de reabilitação dos tetos e das paredes, a EDP ativou a sua Bolsa Voluntária de Eletricistas para os trabalhos elétricos de que a casa necessitava.

A parceria entre a EDP e a Just a Change teve início em março e esta é já a terceira casa que reabilitam em conjunto.

 

No âmbito da estratégia do Programa de Voluntariado até 2020, estas e outras iniciativas fizeram parte da primeira edição da Semana da Energia, que decorreu de 22 a 29 de maio (Dia Nacional da Energia).

O objetivo desta semana foi envolver os colaboradores do grupo em iniciativas com impacto na comunidade, através das suas competências e conhecimento do negócio.

As iniciativas estenderam-se aos vários países onde a EDP está presente, com outras ações de voluntariado focadas na sensibilização e formação de crianças, jovens e comunidades locais para os temas energéticos, nomeadamente para a gestão sustentável de recursos. No total, participaram 300 voluntários do grupo.

 

Mais informação aqui.