Decorreu na passada segunda-feira, dia 20 de Novembro, no Teatro Thalia em Lisboa, a primeira cerimónia de entrega da Marca Entidade Empregadora Inclusiva, uma iniciativa do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) em parceria com a Associação portuguesa de Ética Empresarial, a Associação Portuguesa de Gestão das Pessoas e o Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável.

 

 

Depois de um processo de avaliação com várias fases, através de um Júri presidido por Paula Guimarães (Presidente do GRACE em representação da Fundação Montepio), 11 entidades, de um total de 99 candidatos foram reconhecidas pelas boas práticas relativamente à empregabilidade das pessoas com deficiência e incapacidade.

 

A distinção é atribuída de dois em dois anos, tendo sido atribuída pela primeira vez este ano, distinguindo empregadores que apresentem práticas de referência em quatro grandes áreas: recrutamento, desenvolvimento e progressão profissional; manutenção e retoma do emprego; acessibilidades e serviço e relação com a comunidade.

 

A encerrar a Cerimónia esteve Ana Sofia Antunes, Secretária de Estado para a Inclusão de Pessoas com Deficiência que lembrou que as “taxas de desemprego são ainda muito mais elevadas entre as pessoas com deficiência”, deixando o desejo de que, na próxima edição o número de entidades distinguidas seja maior.

 

 

As entidades distinguidas em 2017 são:

·        CAID – Cooperativa de Apoio à Integração de Deficiente

·        El Corte Inglés

·        Fundação ADFP – Assistência Desenvolvimento e Formação Profissional

·        Horizonte – Cooperativa de Solidariedade Social e de Ensino

·        MAPADI – Movimento de Apoio de Pais e Amigos ao Diminuído Intelectual

·        Município de Ílhavo

·        Município de Portel

·        Santa Casa da Misericórdia de Almada

·        Santa Casa da Misericórdia do Porto

·        Teatro Nacional de D. Maria II

·        Universidade de Aveiro

 

(Fotos retiradas da Página de Facebook do IEFP)