O Mercado do Bum Sucesso recebeu de braços abertos os 20 Associados que mostraram ao público os seus projetos de Responsabilidade Social e intervenção social.

 

Estiveram presentes os Associados A. Silva Matos; BioRumo; ColorADD; eSolidar; Esposende Ambiente; Eurest; Fidelidade; Fundação Manuel António da Mota; Fundação Montepio; Gebalis; H Sarah Trading; Lipor; McDonald’s; Mobilidade Positiva; Neya Lisboa Hotel; Resiquímica; TurnAround Social; Vieira de Almeida & Associados; Via Directa e wDMI

 

Durante a manhã, foram vários os curiosos que pararam em cada banca da Mostra para conhecer os projetos, após a abertura oficial de Rui Pedroto, membro da Direção do GRACE em representação da Fundação Manuel António da Mota, que, à tarde, já no auditório da Fundação e com as energias carregadas, também deu início ao Encontro Temático dedicado ao Património Cultural.

 

A mesa redonda foi moderada pelo Historiador Joel Cleto, que enquadrou o tema, referindo a pertinência desta iniciativa em ano designado como o Ano Europeu do Património Cultural. Edite Costa Matos, do Associado A. Silva Matos, inspirou os presentes com o relato da sua experiência com a Fundação Mão Amiga e as vicissitudes e a responsabilidade que uma empresa, neste caso a maior empregadora no território, enfrenta por estar localizada no interior de Portugal. Raquel Sousa, Gestora de Relações Institucionais, Eventos e Comunicação da dst Group, referiu a importância do tema da Cultura, parte integrante do ADN da empresa e partilhou a estratégia de Responsabilidade Social Interna do grupo, por meio da cultura e da leitura. Paula Teles, Presidente da Direção do Instituto das Cidades e Vilas com Mobilidade e CEO da MPT, abordou a importância da acessibilidade referindo que qualquer cidadão, em algum momento da sua vida, será confrontado com dificuldades de mobilidade, pelo que importa que as cidades, enquanto pólos culturais, sejam cada vez mais acessíveis. A terminar, Laura Castro, da Escola das Artes – Universidade Católica Portuguesa, apresentou casos práticos como exemplo da valorização do Património Cultural e deu nota da importância de todos sermos agentes cuidadores e responsáveis pelo Património Cultural referindo que este deverá ser uma responsabilidade partilhada entre todos.

 

Após o discurso de Fernando Leite, Membro da Direção do GRACE em representação da Lipor, a iniciativa encerrou com chave de ouro com a atuação de alunos do 1º Ciclo do agrupamento de escolas de Sever do Vouga, no âmbito do projeto “Maneiras de Sever”.  

 

Veja os álbuns de fotos da Mostra aqui e do Encontro Temático aqui.

Veja a reportagem do Porto Canal aqui.